Burkina Faso : Favorecer o sucesso escolar

2No Burkina Faso, em 2014, a Fundação Mustela continuou a prestar o seu apoio, desde 2009, à associação Sœur Emmanuelle (Asmae) , uma associação humanitária de solidariedade internacional empenhada no apoio às crianças desfavorecidas (cerca de 20.000 euros em 2014).

 

A ajuda da Fundação Mustela financiou o projeto intitulado "Favorecer o sucesso escolar para um futuro melhor em Ouagadougou e Koulpélogo no Burkina Faso".

 

burkina-faso_mustela.jpg

burkina-faso_mustela.jpg, par admin

De acordo com o método de intervenção da Asmae, a ação é acompanhada no terreno pelos agentes locais - neste caso, as duas associações Idebak e a ICCV (Iniciativa Comunitária Mudar de Vida). Destina-se a melhorar o equipamento das infraestruturas dos centros ICCV de Ouagadougou e de Koulpélogo, do Leste Central do país.
 
O centro ICCV da capital burquinense inclui uma escola pré-primária com 90 crianças e uma biblioteca. Oferece às crianças apoio escolar e animações lúdicas, artísticas e desportivas. A biblioteca comunitária, aberta sete dias por semana, com horário alargado, porque muitos dos alunos não têm eletricidade em casa, dá acesso a mais de 2.100 livros, apesar das condições de vida difíceis. Todos os anos, este local acolhe 1.700 pessoas, em que 94% são crianças.
 
Na região de Koulpélogo, o projeto apoiado pela Fundação Mustela visa três objetivos:
  • a instalação de equipamentos de iluminação nas salas de aula de quatro aldeias, de forma a que as crianças possam fazer os trabalhos de casa e que os professores possam preparar as suas aulas depois do anoitecer (por volta das 18 horas);
  • o enriquecimento das bibliotecas escolares com livros e métodos de gestão;
  • implementação de enfermarias escolares nas cinco vilas especialmente isoladas da região, para proporcionar cuidados de primeira necessidade e para evitar o endividamento que muitas vezes representa o internamento hospitalar de uma criança longe da sua aldeia natal.
No total, cerca de 2510 crianças burquinenses beneficiam deste projeto.