Espanha : Estudo sobre o aleitamento materno em mulheres submetidas a cesariana.

Em Espanha, Rocío Lira Raggio, do Hospital de Sevilha, recebeu o Prémio de Maiêutica 2017 no valor de 6 000 euros pela sua investigação comparativa no âmbito da iniciação ao aleitamento materno, entre as mulheres submetidas a cesarianas de urgência e programadas. 

rocio-lira-raggio.jpg

rocio-lira-raggio.jpg, par admin-fondation-larcade

Neste país, apenas 28,5% das crianças de seis meses são alimentadas exclusivamente ao peito – um número bem afastado dos 50% recomendados pela Organização Mundial de Saúde. Quanto à percentagem de cesarianas, a mesma representa mais de 26% dos partos realizados. Contudo, salienta Rocío Lira Raggio, « a cesariana constitui o fator de risco mais relevante no que respeita à iniciação ao aleitamento » (por outro lado, uma vez iniciado, a taxa de aleitamento é idêntica a seis meses seja qual for o tipo de parto). Por outro lado, a diferença entre cesarianas de urgência e programadas na vivência das mulheres e na sua relação com o aleitamento, é pouco conhecida.

Rocío Lira Raggio pretende assim descrever a sua situação, identificar as suas necessidades, assim como saber qual a sua apreciação do apoio conferido pelos profissionais de saúde. Este estudo qualitativo permitirá melhorar o acompanhamento das mulheres submetidas a parto por cesariana, contribuindo nomeadamente para facilitar a iniciação ao aleitamento materno.

< Regressar ao mapa das ações